Planejamento financeiro: comece agora mesmo!

planejamento financeiro

Dar atenção para as finanças é um agente transformador no seu sucesso pessoal. Quando tudo está organizado, fica muito mais fácil saber sobre o dinheiro que entra, que sai e, pasme, você vai até conseguir poupar. Quer saber mais planejamento financeiro? Vem que hoje o post é pra você.

“Mas, por que perder tempo com isso? Sei o valor do meu salário e das minhas contas. Isso já basta!”

Com certeza, ter a noção de quanto você tem de receita e de saídas é o primeiro passo para controlar suas finanças. Porém, é sempre bom aperfeiçoar as técnicas de controle das finanças para que você alcance boas práticas que irão ajudá-lo a alcançar os projetos pessoais que tanto sonha. Quem sabe, até, comprar seu imóvel muito antes do que você pensa.

Pensando nisso, hoje separamos  8 dicas para um planejamento financeiro eficiente e que gere resultados. Vamos lá?

1 – Planilha de receitas e gastos:

Fica muito mais fácil organizar seu dinheiro quando você sabe exatamente quanto entra e quanto sai. Por isso, faça uma planilha com suas receitas e gastos. E, aqui, eficiência é a palavra de ordem. Se você é mais moderno, use uma planilha do Excel ou online, mas se você prefere o papel, não há problema em ter um caderno para fazê-la. Mas não esqueça: você precisa anotar tudo, exatamente tudo. Até aqueles R$ 10 do sorvete.

2 – Não gaste mais do que você tem:

Essa é a regra número 1 de qualquer planejamento financeiro. E, ainda assim, muitos patinam e acabam por fazer dívidas infinitamente maiores do que o bolso pode pagar. Talvez, nos primeiros dias e meses seja difícil, mas mudando um hábito aqui e outro ali, vai dar tudo certo. Gaste apenas de acordo com o seu padrão de vida.

3 – Crie metas:

Quando você não sabe pra onde ir, qualquer caminho serve. E não é esse o nosso objetivo, certo? Esboce metas de pequeno, médio e longo prazo que envolvam a sua vida financeira e fique firme nelas. A partir daí, todo o seu planejamento percorrerá objetivos concretos e você vai fazer os esforços necessários para que tudo dê certo.

4 – Pesquise e compare preços:

Você sabia que produtos idênticos podem ter uma diferença significativa de valores em lojas diferentes? Separe um tempo para pesquisar e assim você fará escolhas muito melhores na hora de consumir.

5 – Prefira o pagamento à vista:

O pagamento à vista, muitas vezes, gera descontos e ainda evita a dívida em cartão de crédito. Sempre que puder, evite a armadilha das prestações. Isso porque quando não bem planejadas, elas viram uma bola de neve e ainda comprometem parte da sua receita durante vários meses.

6 – Negocie suas dívidas:

As contas atrasadas e dívidas não podem ficar de fora do planejamento financeiro. Procure seus credores e negocie. Você pode conseguir a redução de juros e um aumento no prazo de pagamento. Isso vai lhe dar um fôlego para reorganizar seus pagamentos.

7 – Reduza os seus custos:

Observando bem o fluxo de saída do seu dinheiro, você vai notar algum gasto desnecessário. Reduzindo os custos, vai sobrar um dinheiro extra para você poupar.

8 – Poupe!

Falando em poupar, é muito importante separar uma parte da sua renda para guardar. Uma reserva é importante para casos de emergência e também para você construir o seu patrimônio. Seja o pagamento de um curso, a compra de um carro, uma viagem ou até mesmo a compra do seu imóvel, poupe. Mesmo que o valor seja baixo no início, ele vai ajudá-lo a começar.

As dicas o aguçaram para começar o planejamento financeiro? Então agora é com você! Empenhe-se, que nós garantimos: você irá se surpreender com os resultados. 😉

Você pode gostar de ler: Quer economizar energia em casa? Listamos como você pode fazer.

Deixe um comentário

Share This