fbpx

Piso industrial: descubra como melhor utilizá-lo no seu apartamento

4 minutos para ler
  • A procura por modelos de moradia prática tem feito com que as pessoas dessem mais atenção aos lofts. Como se trata de um imóvel com aspecto de “chão de fábrica”, é natural pensar que a decoração consiste em deixar o domicílio com a aparência mais rústica. O piso industrial também apresenta o seu próprio estilo e pode ser motivo de inspiração para você que deseja mudar a cara do seu apartamento.

    1. Tipos de piso industrial

    Como se trata de um estilo rústico e simples, o piso industrial se contrasta com as mobílias e demais objetos dispostos no ambiente.

    Piso de cimento queimado

    Por ser um material resistente, esse piso tem uma durabilidade maior, é difícil de ser riscado e é muito fácil de limpar.

    O piso de cimento queimado tem uma aparência rústica e ao mesmo tempo versátil, pois pode combinar com qualquer cômodo. Seja branco, camurça, caramelo, grafite ou platina, esse piso possui cores neutras que combinam com mobílias modernas e coloridas. Móveis com detalhes em metal também ajudam a compor a decoração do ambiente.

    Piso de vinílicos

    Feito com materiais reciclados, o vinílico tem o seu revestimento aparentemente de madeira e é de alta qualidade. Esse modelo de piso pode ser aplicado em toda a parte interna do apartamento, mas não é recomendado para a área externa, devido à ação da chuva e do sol que provocam o desgaste da sua superfície.

    Devido a facilidade em absorver impactos, esse material raramente precisa ser trocado por outro e não exige muitos gastos com manutenção.

    Piso de porcelanato

    Os porcelanatos para pisos industriais também apresentam revestimentos parecidos com o cimento e a madeira. Aqueles  modelos que imitam madeiras claras dão a impressão de ampliar o ambiente, ideal para apartamentos pequeno.

    Sabendo-se que a cor neutra é geralmente a mais encontrada no mercado, esse modelo de piso é também mais fácil de ser instalado!

    2. Estilos industriais

    Os estilos industriais vem ganhando cada vez mais admiradores e podem ser classificados em:

    Ambientes integrados

    Juntar sala e cozinha em um mesmo lugar otimiza muito o seu espaço, principalmente quando se trata de um modelo de moradia em que as janelas e o pé direito são altos em relação às construções atuais.

    Estruturas a mostra

    Além dos tijolos expostos nas paredes, o piso pode ser de concreto.  É tudo muito simples! Tubulações de água e fios de energia também ficam aparentes no interior de uma residência industrial.

    Estilos dentro do estilo industrial

    O estilo retrô dos anos 1930 e 1940 pede logicamente uma decoração que remeta à época, como adornos de metal e poltrona de couro. A energia da década de 1950 utiliza uma decoração industrial, com mobílias mais voltadas para tons pasteis, como rosa bebê e azul claro. Entre 1960 e 1970, as poltronas de veludo na cor laranja dividiam o espaço da sala com objetos coloridos de etnias diferentes.

    Misture luxo com o precário

    Mesmo que o estilo industrial dê a ideia de algo inacabado, ele não deve ser precário, pois toda a estrutura da residência precisa estar em boas condições de uso. Para compor esse ambiente, móveis e objetos sofisticados compõem a decoração do ambiente.

    E então, o que você acha de decorar a sua casa com um piso industrial? Saiba que os apartamentos studio também dão esse toque rústico que se contrasta com a modernidade!
Posts relacionados

Deixe um comentário