fbpx

Personalização de apartamento: saiba escolher um bom acabamento!

4 minutos para ler

Durante muito tempo, a primeira providência ao receber as chaves de um imóvel novo era reformá-lo. Porém, por mais acostumados que estejamos à prática, pare e pense: não é pouco inteligente promover o quebra-quebra em um espaço que acabou de ser finalizado? É por isso que, cada vez mais, a chamada personalização de apartamento vem ganhando adeptos. Ao aderir ao serviço, os acabamentos são escolhidos no ato da compra e o lar é entregue pronto – de verdade – para os futuros moradores.

Para saber o que considerar na escolha dos acabamentos, acompanhe o post. Depois, basta controlar a ansiedade com a certeza de que, ao pegar suas chaves, você terá liberdade para entrar quando quiser!

Por que devo viabilizar o uso do imóvel o quanto antes?

O principal fator é evitar o desperdício financeiro. De posse das chaves, tem início o pagamento do condomínio. Para quem mora de aluguel então, a demora é ainda mais complicada: somam-se os gastos.

A reforma inicial leva tempo, pois envolve a cotação de fornecedores, a compra de materiais, a contratação da mão de obra etc. Sem contar o desperdício de remover acabamentos recém-instalados, mas que acabam virando entulho.

Até mesmo a restrição nos dias e horários, em respeito aos que já estejam morando no prédio, colabora para o atraso na obra. Isto faz com que muitos se mudem com o apartamento apenas no contrapiso e aguentem o estresse de conviver com a reforma.

Por outro lado, com planejamento, preparando-se para que esteja finalizado ao receber as chaves, até quem pretende alugar o imóvel tem vantagem, pois pode disponibilizá-lo imediatamente e com o diferencial de estar pronto para morar.

Como a personalização de apartamento funciona?

O serviço diferenciado permite que os clientes escolham, ainda na planta, quais tipos de acabamentos desejam ter no imóvel. Além do pagamento parcelado, contam a garantia oferecida pela construtora (em concordância com o memorial descritivo).

A escolha dos materiais pode ser feita a partir de um catálogo, opção ideal para quem gosta de praticidade, ou elaborada em conjunto com o arquiteto dos clientes – o que diminui, ainda mais, os desperdícios.

Por exemplo: sabendo onde será disposta a marcenaria, evita-se a instalação e posterior remoção de tomadas, interruptores e rodapés desnecessários. Pode-se, também, prever os pontos de luz adequados e não há retrabalhos.

Como acertar na escolha dos materiais de acabamento?

Toda escolha deve ser feita considerando os desejos e as necessidades do dia a dia, critérios que variam de família para família, bem como as possibilidades estruturais do imóvel. Veja cinco pontos fundamentais em qualquer projeto arquitetônico:

1. Revestimentos

Quem tem filhos ou recebe parentes idosos, opte por pisos antiderrapantes. Para não precisar limpá-los a todo o momento, fuja de extremos (nem muito claros nem escuros demais). Em relação às soleiras, prefira pedras menos porosas, para evitar manchas.

2. Louças sanitárias

Para prevenir trincas em pias e vasos sanitários, as porcelanas têm de ser de boa qualidade. Opte sem medo por peças claras, as quais ajudam a visualizar a sujeira e, consequentemente, evitar seu acúmulo, colaborando para a higiene dos banheiros.

3. Pia e tanque

Para escolher o modelo da pia da cozinha e do tanque da lavanderia, considere seu estilo de vida. Quem cozinha no dia a dia, precisa de uma pia maior; quem tem de deixar peças encardidas de molho, precisa de um tanque espaçoso, por exemplo.

4. Metais e cia

Para escolher entre torneiras tipo monocomando ou misturadores, bem como chuveiros ou duchas, olhe além da estética e considere pressão d’água. Em prédios, se a caixa d’água ficar na cobertura, os andares mais baixos recebem maior pressão.

5. Gesso e iluminação

Com as sancas e tetos rebaixados, foi-se o tempo em que um ponto de luz central (como a maioria dos imóveis ainda é entregue) bastava. Com a elaboração prévia do projeto luminotécnico, as instalações são previstas nos pontos certos.

Esses são apenas alguns exemplos de acabamentos. Ainda é preciso escolher as lâmpadas, o mobiliário modulado, o ar-condicionado, a churrasqueira, a pintura da parede, entre outros elementos. Se você deseja saber mais sobre o serviço de personalização de apartamento para contar com as facilidades de ter o imóvel planejado, entre em contato conosco!

Posts relacionados

Deixe um comentário