fbpx

Investimento seguro: quais os melhores?

6 minutos para ler

Por conta das grandes oscilações que a economia vem sofrendo nos últimos anos, é natural que boa parte das pessoas queira ter mais tranquilidade em suas finanças e busque alternativas de menos risco para aplicar o seu dinheiro. Pensando nisso, preparamos este conteúdo mostrando quais são os melhores caminhos para fazer um investimento seguro. 

É importante lembrar que não existe o melhor investimento, mas opções interessantes para todos os bolsos e perfis, o que mostra que ter um bom conhecimento dos objetivos, , necessidades e prioridades, por exemplo, é algo imprescindível para decidir pela melhor opção. Continue lendo o post e descubra como fazer isso! 

LCI E LCA 

As siglas LCI e LCA estão ficando cada vez mais populares entre as pessoas e, definitivamente, devem ser consideradas boas alternativas para quem deseja fazer um investimento seguro. No entanto, embora ambas guardem similaridades muito relevantes e sejam de renda fixa, elas estão atreladas a mercado diferentes. 

LCI quer dizer Letra de Crédito Imobiliário, sendo as aplicações recebidas destinadas, como o próprio nome diz, para atividades do mercado de imóveis. Tem rentabilidade definida no momento da compra e é lastreada em uma carteira de financiamentos imobiliários — uma escolha certeira no Brasil, tendo em vista que é um ramo muito seguro e tradicional. 

Já a LCA significa Letra de Crédito do Agronegócio, ou seja, tem seu lastro em uma carteira de empréstimos relacionados às atividades agropecuárias. Sua rentabilidade funciona da mesma forma que a LCI, determinada no ato de aquisição do título. Também é um setor em crescimento e com ótimos resultados em nosso país. 

Ambos têm um prazo de carência mínimo de 90 dias, o que quer dizer que você não poderá retirar seu dinheiro antes dessa data. Sempre consulte o prazo de carência antes de investir, pois pode variar entre Instituições Financeiras. No entanto, findado o período, você pode escolher entre fazer a retirada ou aplicar novamente. São alternativas práticas, que não sofrem desconto com Imposto de Renda e ideais para um investimento de médio prazo. 

CDB DE LIQUIDEZ DIÁRIA 

A sigla CDB quer dizer Certificado de Depósito Bancário e diz respeito a títulos de renda fixa que são emitidos pelos bancos. Ele é emitido com o intuito de captar recursos que possam custear as operações de crédito dessas instituições. Ou seja, você “emprestará” o seu dinheiro para os bancos e, em troca, receberá juros para isso. 

Na prática, o CDB é uma promessa de pagamento futuro, acrescido de uma rentabilidade que é acordada quando você adquire o título. A modalidade com liquidez diária, como o próprio nome já diz, permite resgatar os valores investidos a qualquer momento, se traduzindo em uma boa opção para quem está começando a investir e está montando a reserva de emergência. 

FUNDOS DI 

Os chamados fundos DI, cuja sigla representa Depósito Interbancário, também são considerados de renda fixa e apresentam rentabilidade atrelada ao CDI, índice que acompanha a famosa taxa Selic. O seu risco é considerado muito baixo, pois boa parte dos recursos são investidos em títulos públicos, mas especificamente do Tesouro Selic que são considerados bastante seguros. 

São uma boa opção para quem está em busca de liquidez diária e deseja diversificar o seu portfólio de aplicações, garantindo suas reservas financeiras e podendo sacar o valor a qualquer momento. Outro ponto positivo dos fundos DI é que, na maioria das vezes, a aplicação mínima inicial é baixa, o que é perfeito para quem está começando. 

TESOURO SELIC 

O Tesouro Selic era conhecido pela sigla LFT, que significava Letras Financeiras do Tesouro. Trata-se de um título público federal de renda fixa que, como o próprio nome indica, também é atrelado à taxa Selic. A rentabilidade diária acompanha o indicador, o que torna o fluxo de investimento simples e ideal para quem está começando no mercado. 

Tem alta liquidez e baixo risco, o que pode compensar, ao menos parcialmente, os níveis baixos que a Selic teve, mas a expectativa é um movimento de alta da Selic, o que pode tornar mais viável os investimentos pós fixados. No entanto, continua sendo uma alternativa mais interessante, por exemplo, que a poupança, que tem remunerado menos do que 100% da Selic. 

TESOURO IPCA 

O Tesouro IPCA é um título público atrelado ao indexador de mesmo nome, que é o Índice de Preços ao Consumidor Amplo. Ele é calculado pelo IBGE a partir das variações de preço praticados pelo comércio brasileiro, sendo o indicador oficial da inflação em nosso país. Por isso, o investidor precisa ficar de olhos atentos quanto a essa apuração. 

Ele é pós-fixado, ou seja, você não saberá o valor exato que receberá na hora do resgate, mas conta com uma previsão de remuneração, pois tem uma taxa pré-fixada. A boa rentabilidade ajuda a proteger os recursos da inflação e projeta valorizações de longo prazo com segurança. Porém, vale lembrar que sofre a incidência de Imposto de Renda sobre a rentabilidade, assim como todos os demais títulos públicos. 

MERCADO IMOBILIÁRIO 

Não dá para falar em investimento seguro no Brasil sem falar sobre a possibilidade de investir no mercado imobiliário, não é mesmo? É um segmento altamente experimentado em nosso país e que oferece excelentes níveis de segurança e rentabilidade, passando quase incólume até mesmo por algumas das mais severas crises econômicas. 

Outro ponto alto de apostar na área é que existem alternativas para todos os bolsos e perfis. Você pode escolher, dependendo dos seus recursos, entre unidades de alto padrão, como casas amplas e coberturas, apartamentos, ou mesmo os lotes e terrenos, que têm grande potencial de valorização. 

Além disso, não é difícil encontrar boas oportunidades de negócio. A localização é um fator a ser considerado e empreendimentos que estejam sendo construídos em locais em crescimento, que estão recebendo investimentos públicos ou privados, podem proporcionar um bom retorno com valorização futura, seja em revenda ou locação para terceiros. 

Agora, você já sabe como fazer um investimento seguro. Não perca mais tempo e comece a aplicar o seu dinheiro, uma vez que isso pode proporcionar mais tranquilidade e, no futuro, oferecer uma renda passiva para o seu orçamento. 

Gostou de aprender mais sobre como fazer um investimento seguro e quais são alguns dos melhores disponíveis no mercado? Então, confira também nosso outro post com dicas de como escolher um imóvel! 

Posts relacionados

Deixe um comentário