fbpx

Descubra quais erros financeiros estão atrapalhando seus planos

6 minutos para ler

A estabilidade financeira é algo que muitos anseiam, mas que nem todos sabem como conquistar. Afinal, quem não gosta de fazer uma viagem, ocasionalmente, ou mesmo comprar alguns itens de consumo sem consultar o saldo bancário?

O fato é que manter o orçamento dentro do que ganhamos é essencial para uma vida tranquila e sem sobressaltos. Para isso, não é preciso ter uma alta remuneração profissional. Na verdade, se houver controle e planejamento financeiro do que se deseja fazer e ter na vida, tudo se torna mais fácil e possível.

Evitar alguns erros financeiros que, por um motivo ou outro, cometemos é o primeiro passo para colocar ordem nas nossas finanças. Dessa forma, é possível garantir um orçamento mais tranquilo com, inclusive, uma reserva para aqueles momentos imprevisíveis.

Neste artigo, você vai conhecer alguns dos principais erros que muitos cometem repetidamente e que atrapalham, e muito, a vida financeira. Continue a leitura e confira!

Falta de planejamento

Um dos principais erros e que, muitas vezes, acaba causando os demais é a falta de planejamento. Se você planejar a sua vida financeira, pode evitar uma série de ações que abalam o orçamento. Exemplo disso é o uso exagerado do cartão de crédito.

Aprender a calcular o seu custo de vida e ter um controle sobre os seus gastos evitará uma série de coisas, como agir por impulso. Em muitas ocasiões, diante de uma excelente oferta, acabamos cedendo e comprando algo, que, na maioria das vezes, nem estamos precisando. Diante de uma sociedade que a todo instante faz apelos consumistas, fica difícil ficar de fora e resistir.

A maior dificuldade no planejamento, sobretudo para quem tem recursos limitados, é se manter dentro do orçamento. Por isso, tudo deve ser colocado na ponta do lápis, anotando o que entra e o que sai e, principalmente, esforçando-se ao máximo para poupar e garantir mais segurança financeira.

Se você criar o hábito de poupar, já será um bom começo para realizar alguns desejos em médio e longo prazo — como a compra de um carro, ou mesmo a de um imóvel próprio. O planejamento possibilita que você se programe para futuras conquistas.

Consumir desenfreadamente

Gastos frequentes são um dos principais responsáveis pelo consumo exagerado e que leva ao descontrole financeiro. Sim, visto que a facilidade do cartão de crédito torna tudo mais prático e fácil — contribuindo para dívidas que acabam abalando as finanças.

Responda: quantas vezes você já foi levado a fazer determinada compra só porque poderia pagar na próxima fatura? Pois é, esse é o maior problema do cartão — que, na verdade, só deveria ser usado para alguma emergência. Visto que o correto é vivermos com o que ganhamos no mês. Se seguirmos um planejamento, pode ser um objetivo plenamente viável.

O fato é que o consumismo é uma espécie de vício e qualquer um de nós pode lutar contra ele, bastando um autocontrole e, principalmente, sempre ter em mente que a tranquilidade financeira não tem preço e é um dos fatores que nos faz dormir bem à noite.

Manter gastos que podem ser evitados ou reduzidos

Sabe aquele gasto com algum item que você faz com uma certa frequência, mas que seria plenamente possível viver sem ele? Não se trata de algo caro, mas que se você juntar todas as vezes que comprou, pode somar um valor bem significativo e representar, por exemplo, alguma conta.

Pode ser qualquer coisa, como compras online sedutoras, lanches que podem ser feitos em casa, entre outros itens irrelevantes que você possa cortar facilmente do orçamento e ter um bom lucro com eles.

O primeiro passo para evitar tais gastos é saber que eles existem. O segundo passo é fazer economia em casa, reduzindo-os ou cortando-os de sua rotina, pois eles viram hábito. Você pode até mantê-los, mas com uma frequência bem reduzida. Uma vida financeira saudável não se resume em poupar, mas, principalmente, saber gastar. Verá o resultado!

Não registrar as movimentações

Manter o registro de suas movimentações financeiras contribui para o planejamento e para o equilíbrio de suas finanças. Não registrá-las é um dos erros que podem fazer com que você perca o controle financeiro.

A primeira coisa a fazer é saber o quanto você ganha e o que gasta, computando todas as suas receitas e despesas. Para isso, você deve anotar as despesas obrigatórias, como contas de luz e gás, assim como aquelas que você faz ocasionalmente, mas que são necessárias, como gastos com gasolina, restaurante, entre outras.

Nunca faça cálculos de cabeça, você pode se esquecer de alguma conta importante e entrar numa dívida de cartão, por exemplo. Anotar tudo, registrando os movimentos diários ajuda bastante a não gastarmos mais do que ganhamos.

Não manter uma reserva de emergência

Por fim, falaremos sobre não manter uma reserva de emergência. Trata-se de um dos erros financeiros mais comuns, justamente porque as pessoas vivem no seu limite e raramente sobra dinheiro para poupança. No entanto, trata-se de algo extremamente importante para uma vida financeira tranquila.

Sabemos que existem imprevistos na vida. Por isso, não ter uma reserva de emergência pode ser visto como um erro. Uma reserva evita situações extremas como empréstimos, por exemplo, que têm juros bem altos.

Imagine que você tenha planos de entrar para um financiamento imobiliário e surja algum imprevisto em que você tenha que desembolsar uma alta quantia. Se você recorrer a um empréstimo, seus planos, fatalmente, deverão ser adiados.

Mesmo que a sua reserva não seja um valor muito alto, ainda assim ela é importante Ajudará bastante, evitando um rombo maior no seu orçamento — principalmente se ele for muito limitado.

Como você conferiu neste conteúdo, existem alguns erros financeiros que podem atrapalhar bastante a nossa vida financeira e trazer consequências bem negativas. Siga, então, nossas dicas e comece hoje mesmo a planejar e garantir mais equilíbrio no seu orçamento.

Se você gostou deste post, compartilhe-o nas suas redes sociais e garanta que seus amigos também conheçam os principais erros financeiros que a maioria de nós comete e que são muito prejudiciais à nossa vida!

Posts relacionados

Deixe um comentário