fbpx

O que é o cimento queimado na decoração e como aplicar?

7 minutos para ler

Para quem aprecia um design moderno e contemporâneo, mas com um toquezinho rústico, o cimento queimado na decoração pode ser uma alternativa perfeita. Afinal, trata-se de um material versátil, podendo ser aplicado para as mais diversas finalidades e que garante um resultado cheio de estilo.

Além disso, por conter areia e cimento em sua composição, ele apresenta um tom cinza bem charmoso, que é neutro e, portanto, combina com as mais variadas cores e texturas. É muita versatilidade em um elemento tão simples!

Simples sim, mas nem por isso sem valor agregado. Os ambientes decorados com esse material ganham muita sofisticação e estilo, bastando apenas um bom projeto e um acabamento da obra primoroso para resultados incríveis.

Neste conteúdo, vamos mostrar as possibilidades que o cimento queimado na decoração pode garantir aos projetos. Continue conosco e confira!

O que é cimento queimado na decoração?

O cimento queimado não é nada novo ou um material feito, especificamente, para determinado uso ou aplicação. Na verdade, ele sempre existiu. O diferencial, porém, é a forma de uso. Ou seja, o cimento queimado na decoração é um novo revestimento para uma série de aplicações, como parede, piso, teto, bancada, entre outros.

O fato é que esse novo recurso é algo já utilizado há muito tempo nas construções: é uma argamassa feita a partir de cimento, areia e água. Por meio de uma técnica de aplicação, em que o chão deve ficar muito bem nivelado, a mistura é aplicada de forma que a superfície fique a mais plana possível — e, acredite, se você ainda não viu, o visual fica incrível.

Na verdade, existe uma técnica para que a aparência final fique com um excelente acabamento. Após o nivelamento total do piso com a argamassa, e com a mistura ainda úmida e pastosa, joga-se sobre toda a superfície o pó de cimento seco. Após isso, com uma desempenadeira ele é espalhado por todo o local.

Após a conclusão do processo, basta esperar a secagem total da aplicação. O resultado é uma superfície muito lisa e nivelada. O ideal é que tudo seja feito por uma mão de obra especializada.

A título de curiosidade, a expressão “cimento queimado” se origina da ação de jogar pó de cimento sobre a argamassa que ainda está pastosa e mole. Ao se espalhar o pó de cimento pela superfície, o revestimento fica com efeito liso, caracterizando a “queima”.

Quais as vantagens de cimento queimado na decoração?

Algumas vantagens se destacam na utilização desse recurso de decoração. Vamos a elas!

Facilidade de manutenção

O cimento queimado, de forma geral, é um material de fácil manutenção e limpeza. Em ambientes comerciais, principalmente, é um recurso muito utilizado, visto que nesses locais o fluxo de pessoas é muito grande, requerendo manutenções mais frequentes, e pelo fato de o material não aparentar sujeira.

Facilidade de aplicação

Apesar de ser uma técnica simples, ela requer prática. Se executada da forma correta, os efeitos são sempre positivos. No entanto, para resultados impecáveis, recomenda-se um serviço especializado. Vale ressaltar que existem porcelanatos ou outros tipos de pisos que dão o mesmo efeito do cimento queimado.

Já, quando falamos em paredes, existem várias tintas e texturas no mercado que dão o mesmo efeito da técnica, além dos papéis de parede que ficam perfeitos. Muitas vezes, diante da necessidade de profissionais mais capacitados de aplicar a técnica, vale a pena lançar mão de outras opções.

Baixo investimento

Apesar de ser uma textura que tem encantado os designers de ambientes, decoradores e arquitetos pelo resultado sofisticado e contemporâneo que ela garante aos espaços — o investimento é consideravelmente baixo.

No entanto, apesar de o material ser simples, a técnica deve ser bem aplicada por profissionais capacitados para que o resultado seja o esperado. Além disso, vale ressaltar que o cimento queimado é de fácil manutenção e tem uma excelente durabilidade.

Como pode ser utilizado esse tipo de cimento na decoração?

Agora que você já tem uma noção de como é feito e aplicado o cimento queimado e como ele pode ser utilizado na decoração da sala conforme sua personalidade — conheça o quanto ele é versátil em outras aplicações!

Parede de cimento queimado

O uso desse recurso permite combinações que tornam os espaços ainda mais estilosos. Exemplo disso é combinar o cimento queimado com madeira. O ambiente ficará atemporal e com um toque rústico. As possibilidades dependem do gosto do proprietário e da criatividade do decorador.

Piso de cimento queimado

O piso de cimento queimado, assim como a parede, nos remete ao estilo industrial, não é? Imagine o cimento do piso misturado a uma iluminação natural e, ainda, a um ambiente simples e clean — pronto, criamos um espaço aconchegante e, ao mesmo tempo, cheio de personalidade. Para ambientes mais sóbrios, invista em móveis escuros.

Teto com cimento queimado

Essa opção pode ser associada à parede. A aplicação do cimento queimado no piso em conjunto com a parede torna o espaço mais bem equilibrado. No entanto, ela possibilita outras misturas com texturas diferentes. Móveis e itens decorativos no estilo clean contribuem para que o cômodo não fique tão pesado.

Bancada de cimento queimado

O conceito integrado de sala e cozinha pode garantir muito mais modernidade e estilo com a bancada em cimento queimado. Seu material em tom neutro e discreto permite uma série de combinações para esses dois ambientes, integrando-os e tornando o décor cheio de estilo.

Quais os materiais que combinam na decoração com cimento queimado?

Para assegurar resultados ainda melhores com o uso do cimento queimado na decoração, vamos relacionar alguns materiais que combinam e vão garantir mais estilo ao décor de seu apartamento. Veja!

Madeira

A sensação de frieza do cimento com o calor da madeira resulta em uma ótima combinação, tornando o ambiente mais equilibrado, harmonioso e confortável. Os dois contrastam muito bem e a madeira pode aparecer em forma de quadros, móveis e pisos, por exemplo.

Cobre

O cobre é muito utilizado em instalações aparentes, presentes no estilo industrial de decoração, assim como em décors que utilizam o cimento queimado. Ambos combinam muito bem nesse estilo decorativo, também chamado de escandinavo. O uso desses dois materiais confere mais contemporaneidade à decoração.

Tons neutros

O tom acinzentado do cimento queimado combina com muitos materiais, justamente pela neutralidade de seu tom. Sendo assim, quem não gosta de ousar, buscar um equilíbrio entre o branco e o preto pode garantir harmonia e aconchego na decoração.

Como visto neste conteúdo, o cimento queimado na decoração possibilita muitas variações que agradam a todos os gostos. Siga nossas dicas e garanta uma decoração moderna, harmoniosa e cheia de estilo ao seu apartamento!

Gostou deste conteúdo? Siga-nos, então nas nossas redes sociais, estamos no Facebook, Instagram, LinkedIn, YouTube e Pinterest!

Posts relacionados

Deixe um comentário