fbpx

Conheça 8 dicas para adotar uma nova rotina e ter uma casa sustentável

6 minutos para ler

Nos dias de hoje, uma das preocupações mais recorrentes da sociedade está relacionada às formas pelas quais as pessoas e empresas podem reduzir seus impactos no meio ambiente. Logicamente, isso se reflete no setor imobiliário e, por isso mesmo, preparamos este post com algumas dicas para adotar uma nova rotina e ter uma casa sustentável.

Essa é uma decisão que trará inúmeros benefícios surpreendentes, como uma diminuição em diversos dos seus gastos recorrentes, mais energia para o seu dia a dia e, de quebra, um grande potencial de valorização para o seu imóvel. Continue lendo o artigo e descubra como fazer isso!

1. Aproveite a iluminação natural

Aproveitar a iluminação natural é uma das melhores dicas para adotar uma nova rotina e ter uma casa sustentável. Quanto mais você investir em janelas extensas, vidros em portas e claraboias, por exemplo, mais os raios solares entrarão nos ambientes e, com isso, menor tende a ser o seu consumo de energia e sua conta de luz.

Muitos imóveis de alto padrão e projetos modernos contemplam esse ponto, buscando um efeito estético mais agradável e confortável. Vale lembrar que há um ganho até no que diz respeito à saúde, pois a exposição à claridade produzida pelo sol é benéfica para o ser humano e ajuda até na manutenção do equilíbrio emocional.

2. Conheça técnicas de DIY

Você já ouviu falar de DIY? Trata-se de uma abreviação do inglês, que significa “do it yourself”. Em uma tradução livre para o português, podemos entender a expressão como “faça você mesmo” ou algo similar. É uma alternativa que está em alta no momento, com a qual você pode mudar a sua rotina ou até a decoração do seu imóvel.

Entre os itens mais valorizados pelas técnicas de DIY, estão nichos, porta-retratos, pequenos móveis e assim por diante. Você pode encontrar tutoriais sobre o tema na internet e ir começando aos poucos, reaproveitando artigos que seriam desperdiçados e usando sua criatividade para ter uma casa mais sustentável.

3. Separe os tipos de lixo

Separar os tipos de lixo é outra dica para adotar uma nova rotina e ter uma casa sustentável. É uma tarefa bastante simples e muito recorrente em diversos lugares, mas que ajuda a ter um impacto muito positivo para o meio ambiente local. Existem, inclusive, muitas empresas e cooperativas de catadores que fazem a coleta seletiva.

Entre os itens que podem ser reutilizados, vale destacar o plástico, muito presente em embalagens e garrafas de refrigerante, por exemplo. Além disso, vidros, papéis e artigos metálicos também podem ser reaproveitados para a reciclagem, deixando de ser despejados na natureza ou lotando lixões pelas cidades.

4. Evite desperdiçar alimentos

O desperdício de comida é um dos hábitos mais nocivos da nossa sociedade, que conta com uma tremenda fartura na produção de muitos alimentos. No entanto, você pode mudar isso, alterando algumas rotinas simples, como a maneira pela qual você realiza suas compras do mês e acondiciona suas refeições, por exemplo.

O ideal é ser parcimonioso e não exagerar nas quantidades, de forma que os produtos não estraguem devido à falta de consumo. Além disso, as sobras são consideradas lixo orgânico, podendo ser recicladas ou reaproveitadas como adubo das suas plantas. Você pode até mesmo montar uma pequena e prática composteira doméstica.

5. Reutilize a água da chuva

A reutilização da água de chuva é outra medida que vem se tornando muito popular nos dias de hoje e até mesmo alguns prédios e condomínios estão fazendo instalações de captação para aproveitar melhor essa possibilidade. Eles fazem a coleta por meio de tubulações e, depois, armazenam em uma espécie de tanque ou cisterna.

Não é novidade para ninguém que esse é um dos mais importantes recursos naturais e não deve ser desperdiçado. Você pode começar desempenhando o seu papel, fazendo um uso racional e apostando em chuveiros e torneiras que tenham temporizadores. Além disso, as águas pluviais podem ser usadas para os vasos sanitários, máquina de lavar e no canteiro do jardim.

6. Aposte em sistemas inteligentes

Existem alguns sistemas modernos e inteligentes, que ajudam bastante quem quer adotar uma nova rotina e ter uma casa sustentável. Eles podem utilizar tecnologias modernas ou apenas algumas estratégias inteligentes, mas o fato é que contribuem para o meio ambiente e permitem um uso mais racional de recursos.

Um sistema fotovoltaico, por exemplo, se vale de painéis solares instalados externamente, para transformar os raios solares em energia elétrica, abastecendo eletrodomésticos e eletrônicos. Com ele, é possível economizar muito na conta de luz, além de usar uma fonte renovável e não poluente.

7. Mantenha plantas nos ambientes

Mais do que uma mera tendência de decoração, as plantas ajudam a purificar o ar que respiramos e tornam qualquer imóvel muito mais sustentável e agradável. O melhor de tudo é que existem inúmeras opções distintas, que podem agradar a todos os gostos e se encaixar mesmo nos espaços mais discretos.

Você pode escolher aquelas que combinem com você e com o perfil da propriedade, indo desde as que demandam menos cuidados, como os cactos, até as mais delicadas, como orquídeas. Outras espécies que vem fazendo sucesso são antúrios, begônias, samambaias, lírios, espada-de-são-Jorge e muito mais.

8. Diminua o consumo de descartáveis

Por fim, a última das nossas dicas para adotar uma nova rotina e ter uma casa sustentável consiste em diminuir o consumo de descartáveis. Infelizmente, esse tipo de produto, apesar de prático, não é nada amigo do meio ambiente e contribui muito para a poluição de diversos habitats, em especial o marinho.

O excesso de plástico, principalmente presentes em embalagens, pratos, copos, sacos de supermercado e garrafas pet, por exemplo, podem levar séculos para se decomporem na natureza. Por isso, foque em opções mais viáveis, que usem matérias-primas biodegradáveis ou reutilizáveis, como sacolas de compra ecológicas.

Essas são as nossas dicas para adotar uma nova rotina e ter uma casa sustentável. Afinal, as construções em sintonia com o meio ambiente são o futuro dos imóveis e têm um ótimo custo-benefício!

Gostou de conhecer essas dicas para adotar uma nova rotina e ter uma casa sustentável? Ainda ficou com alguma dúvida ou quer deixar sua sugestão? Então não deixe de fazer um comentário aqui no blog!

Posts relacionados

Deixe um comentário